CIMENTO QUEIMADO

Manual para aplicação do “Cimento queimado” (argamassa a base cimentícia de alta resistência)

OBSERVAÇÕES INICIAIS
A Nova mistura do produto CIMENTO QUEIMADO Brasil Imperial , é um produto com características diferente do cimento queimado em questões de ancoragem e resistência.
O produto é desenvolvido especialmente para ser aplicado em cima de qualquer superfície, parede, piso, fachadas, pois este produto tem um grande poder de ancoragem e resistência.
Quando for aplicado em cima de superfície lisa, como porcelana, cerâmica, esmaltados, é interessante dar uma lixada, para uma maior segurança.
E a preparação da argamassa, precisa ser modificada na sua formulação. Importante o cliente nos avisar do local e da situação aonde será aplicado o CIMENTO QUEIMADO.
Este novo produto geralmente não apresenta problemas como trincas ou fissuras, depois de aplicado, pois na sua composição, são adicionados produtos para que ele tenha uma boa elasticidade, e flexibilidade.
Recomendamos que siga corretamente a preparação do contra piso.
O CIMENTO QUEIMADO é embalado em sacos de 25 kg , na tonalidade desejada pelo cliente, trabalhamos com uma gama de 30 cores.
É necessário apenas adição de água à mistura pronta em uma proporção de 20% que em média corresponde de 5 a 6 litros de água, deve ficar com uma textura parecida a de uma massa corrido.
Encomenda se a mistura para o CIMENTO QUEIMADO da Brasil Imperial próximo da sua utilização, pois seu prazo para consumo é de 30 dias, pois assim garante ao produto, um melhor resultado de aplicação e resistência.
Sempre utilizar mão de obra de um profissional competente habilitado na aplicação do cimento queimado.

 

CUIDADOS COM O CONTRA PISO

A execução do contra piso e sua regularização são de grande importância para se obter uma boa aplicação, pois todas as suas imperfeições serão espelhadas no piso portanto devemos ter os seguintes cuidados:
Na regularização do contra piso
Usar um traço de 1:3 (cimento/areia), com adição de água na proporção de 20 Litros para cada saco de cimento queimado, dando um aspecto “farofento” a massa.
Aguardar uma cura úmida de no mínimo 7 a 10 dias.
Em regularizações já executadas
O primeiro passo é a verificação de trincas ou mesmo de partes soltas e ocas (podendo ser feito, por percussão, com a ajuda de um cabo de vassoura).
Em caso de trincas existe a possibilidade desta trinca ser transferida para o cimento queimado já nos casos de partes soltas ou ocas poderá haver a necessidade da remoção completa da regularização.
A seguir devera ser feita uma conferência, e acerto caso se faça necessário, na regularidade do contra piso para evitar o consumo excessivo do cimento queimado e a dificuldade no nivelamento das juntas de dilatação.

PREPARAÇÃO DO CONTRA PISO
Estando tudo de acordo, raspar e limpar os detritos existentes, deixando o contra-piso isento de partículas soltas. Manchas originadas de produtos selantes tais como; tintas, vernizes, ceras e produtos gordurosos deverão ser totalmente removidos, pois comprometem seriamente a ancoragem do cimento queimado.
Não molhe ou lave o piso, pois o contra piso devera estar totalmente seco ao iniciar o processo de aplicação.
A aplicação com o contra piso úmido ou recém executado poderá comprometer o resultado final do cimento queimado através do aparecimento de manchas, fissuras e ate mesmo na diminuição da sua resistência.

METODOLOGIA PARA APLICAÇÃO DA ARGAMASSA CIMENTO QUEIMADO
1º Etapa:
Com uma desempenadeira de aço, vem aplicando uma demão da argamassa (Cimento queimado), uma camada bem fina, com uma espessura de aproximadamente 2mm, como se aplica uma massa corrida, não é necessário deixar lisa, pois depois desta etapa, terá uma segunda etapa que ai será a parte do acabamento final.

2ª Etapa:
Espera passar aproximadamente uma hora da aplicação e já pode aplicar a segunda demão do Cimento, também com espessura de 2mm.
Nesta etapa, já é necessário estar alisando bem a argamassa, para que não fique imperfeições na superfície.
Espera aproximadamente uns 5 minutos, quando começar a puxar, indicamos para um melhor acabamento a utilização de uma brocha umedecida, pulverizando água por cima da argamassa aplicada, e já vem alisando novamente para dar o acabamento final, mas não pode ser com muita água, um chuvisco fino apenas, senão o piso pode ficar muito manchado.
Quando for fazer o piso monolítico, interessante trabalhar com uma largura de aproximadamente 1 m2 de largura para poder trabalhar e fazer este acabamento, e assim subsequente.
O acabamento do piso deve ficar com uma espessura de no máximo 4mm.
Rendimento de aplicação com espessura de 3mm, 2 kg/m2 piso, parede são 1,5kg p/m2 com espessura de 2mm.

3ª Etapa: (LIXAÇÃO DO PISO)
No dia seguinte após a aplicação do cimento queimado, deve ser feito uma lixação no piso, iniciando com uma lixa de gramatura 100 e depois com uma lixa 150 para dar o acabamento final.

4ª Etapa (IMPERMEABILIZAÇÃO DO PISO)
O piso estando totalmente lixado, livre de sujeira e seco, pode se aplicar a resina, recomendamos a nossa resina a base de água Brasil Imperial (CONCRETE SURFACE/RESINA ACRILICA BASE ÁGUA).
È necessário aplicar 3 demãos da Resina Concrete Surface Finish, com intervalos de 1 hora cada demão.
Por último aplica se uma demão da cera acrílica Brasil Imperial (TRENDSETTER/CERA ACRILÍCA BASE ÁGUA).
MANUTENÇÃO
Para uma boa manutenção do piso recomendamos a utilização da cera acrílica em intervalos de 15 dias e para uma limpeza pesada indicamos o produto Clean By Peroxy.